Clique-para-ampliar
Projeto leva empreendedorismo para as escolas
Clique-para-ampliar
Aproximar a classe empresarial dos estudantes do ensino médio com o intuito de formar uma geração consciente, proativa e capacitada em transformar o cenário socioeconômico. Essa é a função do programa Geração Empreendedora. Desenvolvido pela Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), o programa irá orientar e estimular este ano cerca de 600 estudantes de escolas públicas e privadas de 21 municípios catarinenses, para o desenvolvimento do empreendedorismo e da cultura associativista.

A Associação Empresarial do Vale de Braço do Norte (Acivale) por meio dos empresários voluntários dos Núcleos de Jovens Empreendedores e Núcleos das Mulheres Empresárias aderiu ao projeto, e iniciou nessa quinta-feira (17), o primeiro encontro com os estudantes do 2° ano do ensino médio selecionados de duas escolas públicas: a E.E.B. Dom Joaquim e a E.E.B. Conego Nicolau Gesing.

Dos 60 inscritos, 30 foram selecionados para participar da etapa Play!, onde por meio de oficinas com empresários voluntários, o jovem é levado a pensar sobre o trabalho, o negócio e o empreendedorismo, passando a conhecer esse universo e a identificar oportunidades por meio da adoção de atitudes empreendedoras.
Serão três oficinas (total de 12 horas) que ocorrem no período escolar, na sede da Acivale. Os replicadores voluntários capacitados pela federação serão a sócia proprietária do laboratório Biovita, que representa o núcleo da Mulher, Nevanir Schultz e o empresário da Boeing Advogados, Lauro Boeing Junior, que representa o núcleo Jovem. “Nossa ideia é trabalhar a liderança, a competitividade, tomada de decisões, associativismo, cooperativismo e assim, prospectar o futuro para esses alunos do 2° ano do ensino médio e já começam a pensar no mercado de trabalho”, relata a empresária voluntária.


Dia de Empreendedor

Após os três encontros com os estudantes, serão selecionados os 10 melhores para seguir a próxima etapa: Um Dia de Empreendedor. Nessa fase, os jovens terão a oportunidade de acompanhar um empresário ‘Mentor Team’, durante sua rotina de trabalho e conhecer in loco tudo sobre o ‘mundo corporativo’ na área que o aluno se identificar.
De acordo com o presidente da Acivale Roberto Michels, essa proximidade da comunidade com os empreendedores é de extrema importância para o município. “O Vale de Braço do Norte é uma região empreendedora e esse programa vem de encontro com essa vocação local. Queremos incentivar a nova geração a dar continuidade aos negócios e ao desenvolvimento da região”, ressalta.

Após o Dia de Empreendedor será realizada a formatura dos 30 jovens participantes. “Queremos levar nossas experiências como empreendedores e mostrar como eles podem aplicar o empreendedorismo na vida e despertar o contexto social pensando no corporativo e não mais no individual”, salientam os replicadores do projeto.