Clique-para-ampliar
Para não fechar novamente atividades comerciais, São Ludgero aumenta fiscalização dos regramentos
Clique-para-ampliar
Com a flexibilização para o retorno de várias atividades comerciais a partir de sábado, 25 de julho, e com o objetivo de não mais deixar que o fechamento do setor produtivo, que gera emprego e renda aconteça, pelo relaxamento de pessoas físicas e jurídicas no descumprimento dos regramentos no enfrentamento ao Coronavírus, a Prefeitura de São Ludgero acredita que o endurecimento na fiscalização é uma ação importante no momento.

Por este motivo contratou e a partir desta sexta-feira, 24, começa a atuar na cidade mais dois Fiscais Sanitários. Entre as atuações estratégicas de fiscalização o período noturno e finais de semana. Em São Ludgero, quem infringir regramentos recebe multa de meio e um salário mínimo e aplicações já aconteceram.
 
     O Secretário de Administração, Finanças e Planejamento, Léo Füchter, diz que a Gestão Municipal vem desde o inicio da pandemia do Coronavírus desenvolvendo ações planejadas e bem consolidadas. Segundo ele, iniciou com a montagem do Centro de Triagem, passou pela reorganização das estratégias internas e externas nos atendimentos da saúde, reorganização para atendimento das demandas na área social. Também foram feitos os investimentos necessários.

Até o momento, continua sendo realizado o trabalho de pulverização dos locais pela cidade com maior movimentação de pessoas até hoje, implantada a sanitização de estruturas públicas, criada uma forte unidade integrando os poderes Executivo e Legislativo, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Vigilância em Saúde entre outros.

Além disso, foi realizado forte campanha de conscientização e esclarecimento sobre o vírus, a equipe de profissionais que atua fazendo frente aos atendimentos apontou o tratamento precoce com algumas medicações específicas e teve total apoio da Prefeitura, com recursos próprios e apoio de parceiros intensificou-se a testagem e ações por bairros para isolar pessoas com sintomas das demais é uma realidade.


Após divergências entre prefeitos da Amurel foi criado legalmente o Comitê Municipal de Saúde para Enfrentamento do Coronavírus e pronto para atuar se necessário. “Até o momento passamos por duas paralisações funcionando apenas os serviços considerados essenciais. E, agora com o retorno das atividades com regramentos acreditamos que uma ação firme e forte na fiscalização do cumprimento dos regramentos vai contribuir para que aconteça o fechamento novamente”, pontua o secretário Léo.
 
   Sobre o retorno das atividades o prefeito de São Ludgero, Ibaneis Lembeck, o Iba, é objetivo em dizer que todos já sabem que seu desejo não era fechar os estabelecimentos, mas como gestor foi pautado pelas orientações técnicas do Comitê Regional da Saúde que tem fiscalização do Ministério Público que observa a lotação dos hospitais em funcionamento na região. “Nossa gestão acredita que com o retorno das atividades é preciso intensificar a fiscalização para que nossa região não apareça novamente na condição de gravíssima. Agora todos já sabem que os prefeitos não são livres para agir como quiserem”, enfatiza.
 
   
 Denúncias de pessoas realizando festinhas, circulando pela cidade sem máscara, ou que deveriam estar em isolamento domiciliar e não estão, aglomerações sem respeitar o distanciamento, pessoas em praças e parques, e estabelecimentos que não estão seguindo os regramentos podem ser feitas para a Polícia Militar no Disque 190 – agora com registro de ocorrência aonde cair a ligação, pelo Aplicativo PMSC Cidadão ou pelos fones 36511856 - 3651 1896, ao Centro de Triagem no 31920004 e para a Vigilância em Saúde no 31910299.