Clique-para-ampliar
Covid-19: Amurel volta à classificação de risco gravíssimo
Clique-para-ampliar
O mapa de gestão de risco divulgado nesta quarta-feira, 9 de setembro, pelo Governo do Estado traz três regiões em vermelho, o que indica nível gravíssimo, entre elas está a Amurel. A maior parte do território de Santa Catarina permanece em nível grave.

Subiram para o nível gravíssimo, em vermelho, o Alto Vale do Rio do Peixe e a região de Laguna. A região Nordeste, que já estava nessa classificação na última semana, permanece.

Baixaram de nível gravíssimo para grave, em comparação com a semana anterior, o Oeste, Alto Vale do Itajaí, região Carbonífera e Meio Oeste.

 

O que muda

O Governo do Estado envia semanalmente, às prefeituras, o mapa de risco e a lista de medidas que devem ser tomadas em cada classificação. Nos níveis grave e gravíssimo, ficam suspensos shows, cinemas, teatros e outras atividades de lazer.
As regiões que aparecem em vermelho no mapa também precisam suspender a oferta de serviço público presencial. No nível grave, até 30% dos servidores podem trabalhar presencialmente.



Isolamento crítico
 
A classificação de risco considera o isolamento social, o índice de testagem, a ampliação de leitos e o fluxo de assistência. Assim como nas semanas anteriores, o isolamento social continua a ser um ponto de atenção em Santa Catarina. Com exceção do Extremo Oeste, Oeste e Xanxerê, todas as outras regiões estão em nível gravíssimo de isolamento social.
 
O segundo ponto crítico é a testagem e isolamento de casos. Exceto Planalto Norte, Foz do Itajaí-Açu e Extremo Oeste, o restante do Estado está em nível gravíssimo para esse item de avaliação.